sábado, 16 de março de 2013

Aécio : "Dilma troca ministério em troca de tempo nas eleições"




Aécio diz que Dilma muda ministério por tempo de TV na eleição

FOLHA DE SÃO PAULO

Virtual candidato à Presidência em 2014, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) divulgou uma nota para criticar a reforma ministerial oficializada pela presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira (15).

Segundo o tucano, a troca nos ministérios serve apenas para que a presidente garanta apoio dos partidos da base na eleição.

Em nota, Presidência confirma trocas em três ministérios

"Ao que parece, a prioridade é garantir alguns segundos a mais na propaganda eleitoral ao invés de fazer o governo funcionar. Quem paga a conta sempre são os brasileiros", afirma Aécio.

Segundo o senador, "nas democracias, as reformas ministeriais costumam ter como objetivo corrigir rumos, melhorar a eficiência da administração e, quando possível, ainda diminuir o peso da máquina pública. No governo da presidente Dilma ocorre o contrário. A máquina só faz inchar e a busca pela eficiência foi substituída pela lógica da reeleição".

A nota de Aécio foi divulgada minutos depois de a Presidência confirmar a saída de Mendes Ribeiro (Agricultura), Brizola Neto (Trabalho) e Wagner Bittencourt (Secretaria de Aviação Civil).

Para o Trabalho, vai o advogado Manoel Dias, secretário-geral do PDT, e para a Agricultura, o deputado federal Antônio Andrade (PMDB-MG).

Por ora, a Secretaria de Assuntos Estratégicos será ocupada interinamente pelo secretário-executivo Roger Leal. Isso porque o titular da pasta, Wellington Moreira Franco, assume a Secretaria de Aviação Civil.

A posse dos novos ministros será amanhã às 10h porque a presidente viaja à Itália para acompanhar a primeira missa do novo papa, que acontece na terça-feira (19).

Em comunicado, Dilma agradeceu "a dedicação, o empenho e os inestimáveis serviços prestados pelos ministros Mendes Ribeiro, Brizola Neto e Wagner Bittencourt em suas áreas" e desejou "bom trabalho" nas "importantes missões" dos novos ministros. Dilma disse ainda que continuará contando com o apoio e confiança dos três ministros que deixam a Esplanada.

Folha de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário